19 de novembro de 2013

Resenha: A garota das cicatrizes de fogo - Ricardo Ragazzo


Oi, gente!
Eu estava com vontade de ler esse livro há muito tempo. Gosto de valorizar os livros nacionais. E, na minha última compra, encomendei o "A garota das cicatrizes de fogo". Vou falar sobre ele pra vocês.


Editora: Novo Século
Ano: 2013
Páginas: 256
Adicione na sua estante no Skoob

Sinopse: Quatro anos após o desaparecimento da filha e a misteriosa morte da esposa, Johnny Falco recebe uma pista que pode ajudá-lo a desvendar o caso. Um homem aparece morto com as mesmas características inexplicáveis de sua mulher: O CORPO NÃO PASSA DE UM ESQUELETO COM PELE. Seis anos após ter 80% do seu corpo queimado em um atentado, Lisa Gomez acorda em um hospital com uma incontestável diferença: TODAS AS CICATRIZES DE SEU CORPO DESAPARECERAM! E quando o destino dos dois se cruzarem na pequena cidade de Valparaíso, ambos descobrirão que as tragédias que cercam suas vidas estão muito mais interligadas do que poderiam imaginar.



O livro gira em torno de Johnny Falco (contado em 1ª pessoa) e Lisa Gomez (contado em 3ª pessoa).
As histórias começam separadas, até o ponto em que se encontram da forma mais inimaginável.

Johnny Falco: Depois de quatro anos da morte de sua esposa, que acabara misteriosamente como um esqueleto com pele e do sumiço de sua filha, Johnny Falco ainda não se conforma, ele tenta de tudo para encontrar sua filha e descobrir o que aconteceu com sua esposa. Quando seu amigo Sal Salvatore descobre mortes semelhantes na cidade de Valparaíso, avisa à Johnny, que começa a sua investigação na cidade.
Lisa Gomez: Aos 11 anos Lisa, moradora de Valparaíso, sofreu um atentado: um homem em um carro a atraiu para perto e a incendiou, simplesmente jogou gasolina na menina e ateou fogo. Depois disso a vida de Lisa nunca mais foi a mesma, sempre estava em hospitais e foi submetida a diversas cirurgias. Até que um dia, em que ela estava quase morrendo, viu uma sombra e alguém tocando-a. Quando acordou, não tinha mais nenhuma cicatriz daquele terrível acidente.

O livro envolve coisas demais, nos deixa entender que o mundo tem de tudo: vampiros, lobisomens, criaturas... e que Johnny já enfrentou a maioria deles. Acho que estava se desenrolando bem até que o autor chegou a questões de destino, reencarnação, ceifadores, morte e coisas que realmente achei forçadas. Na minha humilde opinião, acho que se a causa do desaparecimento das cicatrizes de Lisa fossem mais elaboradas e envolvesse coisas mais voltadas para a ficção científica, toda a história seria bem melhor.

Outra coisa forçada demais e que aconteceu do nada: o amor "destinado" a acontecer entre Lisa e Daniel. Ele era um mendigo e não lembrava de nada sobre a vida dele, aí acharam que ele podia ter relação com as mortes bizarras e depois a Lisa simplesmente leva ele pra casa dela (o que?) e se entrega pra ele. Imagina minha indignação: isso foi muito forçado! Tudo bem, reencarnação, amores se reencontrando e blábláblá... mas... forçado!

Lisa tinha uma amiga de infância, Débora. A coitada engordou, sofreu depois do acidente da amiga (que ela não viu desde o ocorrido) e acaba se sacrificando por ela. Gente, fiquei com pena da gordinha. =/

Eu sabia que não ia gostar do final. E realmente não gostei. Acho que a intenção inicial era de que o Johnny Falco fosse o foco da história, porém a Lisa está na capa e o título do livro é dedicado à ela, mas nem dá pra saber muito bem o que aconteceu com ela no final. E outra coisa que não entendi: Porque um homem quis queimar uma garotinha do nada? Quer coisa mais sem sentido que isso?

Confesso que gostei muito da conversa bizarra de Johnny Falco com a Morte e de como o autor colocou isso. Mas o contexto do livro em si é cheio de pontas soltas. A forma de escrever do autor é ótima, e te faz ter vontade de continuar lendo, mas acho que ele teve uns insights enquanto escrevia e saiu colocando tudo. Ele tem trechos geniais, e adorei a forma de como começou a contar a vida de Lisa.

"Música era sua droga de escolha, e não deixava sequelas." Pág.:81

É uma boa leitura, dá pra se divertir. Mas tem que se acostumar às pontas soltas que ela nos deixa. Não garanto um final fofo e feliz, mas sim um final condizente com tudo o que o livro acopla, devendo apenas mais detalhes sobre o que aconteceu com Lisa e Daniel. 

"O amor nada mais é que um sádico brincalhão que coloca cordas nas costas das pessoas enquanto as manipula como marionetes, e o que mais me deixa nervoso é que é a única coisa que Eu não consigo exterminar de vez, o amor é a epidemia da Morte, por assim dizer." Pág.:240

É isso, dou três estrelas, pois apesar de ser um livro bom, deixa algumas coisas a desejar. Espero que tenham gostado. Já leram? Deixem seus comentários!  

6 comentários:

  1. Uau! A história até perece meio interessante, mas um pouco voada, sei lá... Achei a capa muito linda, mas acho que que não conseguiria ler um livro assim! rsrs Embora é bem criativo o estilo de narração em 1ª e 3ª pessoas...
    Amei o blog de vocês, já estou seguindo e também curti a fan page, e gostaria de convidar para conhecer o meu blog também.
    Beijinhos,
    Scar.
    http://wonderlandmundodoslivros.blogspot.com.br/
    https://www.facebook.com/MLWonderland

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro bem louco mesmo! Mente aberta! haha
      Também amo essa capa.
      Que bom que gostou do blog!
      Já to seguindo também :)

      Beijos

      Excluir
  2. Já recebi vários elogios do autor e pretendo ler algum exemplar dele logo logo! Mas espero que não seja A Garota das Cicatrizes de Fogo porque não tenho paciência com livros que deixam pontos em aberto (a não ser que tenha algum motivo...) =/
    Ah, não se você já tem Carol, mas para quem quiser participar: está rolando um sorteio de Bling Ring, por Nancy Jo Sales, no O Que Devoro! Participem :)
    http://oquedevoro.blogspot.com.br/2013/11/sorteio-bling-ring-nancy-jo-sales.html
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro bom rs
      Só queria mais detalhes do casalzinho depois do que acontece (não posso falar senão é um baita spoiler) hehe
      Lê sim, vai que ele te surpreende?! :)

      Depois vou dar uma passada pra ver a promo *o*

      beijos

      Excluir
  3. Carol que pena que o livro não foi o esperado, ele tem uma capa tão bonita.
    Penso que quando o autor quer falar de tudo, acaba pecando em algo. Uma pena, mas torço para que ele tenha mais sorte nos próximos.
    Também adoro nacionais, preciso ler os que tenho na minha estante!!! Acho que em janeiro só vou ler nacionais!!!!

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro bom. Acho questão de gosto também. rs
      Te indico os livros da Carina Rissi, são muito bons!
      Ah, e estou lendo agora o da Maria Izabel e está muuuuuuuito divertido *-*

      Beijos

      Excluir

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Editado por: Carolina Lopes • voltar ao topo