1 de novembro de 2013

Resenha: O oceano no fim do caminho - Neil Gaiman


Bem-vindos ao #PA! :)
Hoje trago uma resenha dessa obra maravilhosa. Vamos lá?




Editora: Intrínseca
Ano: 2013
Páginas: 208
Adicione na sua Estante no Skoob

Sinopse: Foi há quarenta anos, agora ele lembra muito bem. Quando os tempos ficaram difíceis e os pais decidiram que o quarto do alto da escada, que antes era dele, passaria a receber hóspedes. Ele só tinha sete anos. Um dos inquilinos foi o minerador de opala. O homem que certa noite roubou o carro da família e, ali dentro, parado num caminho deserto, cometeu suicídio. O homem cujo ato desesperado despertou forças que jamais deveriam ter sido perturbadas. Forças que não são deste mundo. Um horror primordial, sem controle, que foi libertado e passou a tomar os sonhos e a realidade das pessoas, inclusive os do menino.
Ele sabia que os adultos não conseguiriam — e não deveriam — compreender os eventos que se desdobravam tão perto de casa. Sua família, ingenuamente envolvida e usada na batalha, estava em perigo, e somente o menino era capaz de perceber isso. A responsabilidade inescapável de defender seus entes queridos fez com que ele recorresse à única salvação possível: as três mulheres que moravam no fim do caminho. O lugar onde ele viu seu primeiro oceano.

Vamos começar... sim, do começo: Eu não dava nada por esse livro. Achei que era uma história sobre infância, sofrimento e que mostraria uma pessoa amarga e se lamentando de tudo.
Apesar da sinopse ser até bem explicada, eu não conseguia encontrar um sentido nela, algo que me chamasse. O que me encantou de cara foi capa, claro. Muito linda! Eu tenho uma queda por livros com capas bem elaboradas e chamativas. Ninguém percebeu, né?!
Eu ficava adiando a compra desse livro, até que meu amigo me deu de presente! (obrigada!)
Bom, eu nunca tinha lido nada do Neil Gaiman, e foi uma ótima experiência. UAU!

Vou contar um pouco do que é o livro pra vocês.
A história começa com o protagonista dirigindo sem saber muito bem o porque para sua antiga casa, na cidade em que passou sua infância, após um velório. Não sabemos de quem é o velório, não sabemos nem o nome do "garoto". E isso torna tudo mais interessante. Até que ele continua seguindo o seu caminho e chega a uma fazenda conhecida, a fazenda das Hempstock. E ele se lembra de muitas coisas que havia esquecido, de quando tinha sete anos, após olhar para um pequeno lago daquela propriedade, o oceano de Lettie. E depois disso entramos verdadeiramente no que é "O oceano no fim do caminho".

"O oceano de Lettie Hempstock.
Lembrei-me disso, e, ao lembrar, lembrei-me de tudo." Pág.: 16

Acho que se eu começar a explicar demais como ele é, vai perder toda a essência do que se trata o livro. Ele me pegou de surpresa, e talvez isso possa tê-lo feito mais especial ainda pra mim.
Acho que cada um de nós tem um pouco desse "garoto". Cada frase de Neil é mais que apenas uma fábula. Ele fala da vida, fala de conhecimento, de cada um como ser vivo, universo, caráter.
Acho que todos tinham que ler esse livro pelo menos uma vez na vida.
É envolvente, uma leitura muito rápida, não só pela quantidade de páginas ser pequena, mas também porque nos deixa com vontade de saber logo o que vai acontecer.

"_Então você já soube de tudo?
Ela franziu o nariz.
_Todo mundo já soube. Como disse antes. Não é nada especial, saber como as coisas funcionam. E você precisa realmente deixar tudo pra trás se quiser brincar.
_Brincar de quê?
_Disso - Respondeu Lettie.
Ela gesticulou indicando a casa, o céu, a impossível lua cheia, e os novelos, xales e aglomerados de estrelas cintilantes." Págs.: 166/167

Vi algumas pessoas dizendo que a história é vaga, e que algumas coisas poderiam ser mais claras. Mas... se fossem mais claras, "O oceano no fim do caminho" não seria o mesmo. Não é pra ser claro, é pra ser intenso, é pra te fazer pensar.

10 comentários:

  1. Adorei a resenha! Estou terminando o livro e estou amando. É um livro intenso, com toda certeza, e faz você refletir.
    Beijo!

    http://gotas-de-fogo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um dos meus favoritos! É uma loucura boa demais. rs

      Brigada pelo comentário, volte sempre :)

      Excluir
  2. Ganhei um livro e veio uma resenha desse, to doida pra ler.

    ResponderExcluir
  3. Tá na minha lista de Natal! Adorei a resenha :)

    Beijos
    Débora - Clube das 6

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Débora!
      Vc vai amar, esse livro é lindo!


      Beijo,
      Carol

      Excluir
  4. Olá Carol!
    Também não tinha lido nada do Gaiman, mas depois de ler esse livro, vários outros dele já foram para a minha lista. Gostei muito da ideia do "anel de fadas" (acho que não é spoiler se eu apenas citá-lo, né?) e da funcionalidade dele.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, quem nunca leu livro não vai nem saber o que quer dizer o "anel de fadas", Arthur xD
      Mas é muito legal a ideia dele mesmo!

      Obrigada pelo comentário :)
      Beijos

      Excluir

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Editado por: Carolina Lopes • voltar ao topo