14 de dezembro de 2013

Resenha: Insurgente - Veronica Roth


Olá insurgentes, como prometido trago-vos o segundo livro da trilogia Divergente
 – Insurgente de Veronica Roth.

Como já sabem os três livros são: Divergente (Resenha), Insurgente e Convergente (que ainda não foi lançado no Brasil).


Sinopse


Autora: Veronica Roth
Editora: Rocco
Número de páginas: 512
Gênero: Distopia, Ficção Científica



Na Chicago futurista criada por Veronica Roth em Divergente, as facções estão desmoronando. E Beatrice Prior tem que arcar com as consequências de suas escolhas. Em Insurgente, a jovem Tris tenta salvar aqueles que ama – e a própria vida – enquanto lida com questões como mágoa e perdão, identidade e lealdade, política e amor.







Autora:


Veronica Roth nasceu a 19 de Agosto de 1988 em Chicago, Estados Unidos da América. É casada desde 2011 e é cristã. É conhecida pela Trilogia Divergente, que estão os três entre os mais vendidos no New York Times. Ganhou o prémio Goodreads Favorite Book of 2011 e o 2012 Goodreads com a categoria de melhor livro de Fantasia e Ficção Científica para Jovens Adultos.



O que é ser insurgente?

Pelas palavras de Fernando: 

“-Insurgente. Substantivo. Uma pessoa que age em oposição à autoridade estabelecida, mas que não é necessariamente considerada agressiva.”

Comentário:


"Uma Escolha Pode Te Destruir"


Este livro tem muita ação, muitos episódios que se eu contar irá perder toda a graça de ler o livro, mas se o primeiro foi bom, este é muito melhor.
Não se concentra tanto na história de Tris e Tobias, mas sim em todo o esquema que está acontecendo dentro dos portões e a questão do que estará lá fora e o porquê da caça aos divergentes.
Depois de tudo o que aconteceu na Audácia, a morte de seus pais e a morte de Will pelas suas mãos, Tris encontra-se em estado de choque, não consegue pegar numa arma, e encontra-se num dilema pessoal: como perdoar a si própria? Com Quatro a seu lado e Caleb (seu irmão), Tris nunca se sentiu tão perdida e ao mesmo tempo tão certa do que deve fazer. 
Embarca numa jornada de descobrir a verdade sobre o mundo onde vive, sobre as facções e o poder da Erudição. Fugindo, fica hospedada em outras facções, e alianças são formadas. Além do mais, existe um segredo que é tão importante ser mantido que Jeanine (líder da Erudição) está matando e controlando todo mundo. Como para honrar a morte de sua mãe, Tris faz de tudo para o descobrir, pondo a sua relação com Tobias em perigo, e a sua própria vida, mas quando ameaçam a vida de terceiros, Tris não hesita em dar a sua própria, o que parece ser o fim de tudo.
“Como um animal selvagem, a verdade é poderosa demais para ser mantida aprisionada.“– Do manifesto da Franqueza.
Depois de ser torturada e mantida presa, descobre que alguém muito próximo a traíra, alguém que ela nunca imaginou que o poderia fazer, sendo a maior, para mim, revelação do livro, sem claro se contar com o final que é de tirar o fôlego! Mas não vos vou contar, não se preocupem ;)

Tem tanta coisa acontecendo neste livro, que para dizer a verdade não há muito que eu vos possa contar, pois é revelação atrás de revelação, mas isso não quer dizer que se torne muito confuso, pelo contrário, tudo se vai desenrolando na maneira certa dando perfeitamente para acompanhar a história. 
“Descobri que as pessoas são compostas de camadas e mais camadas de segredos. Você pode achar que as conhece, que as entende, mas seus motivos estão sempre ocultos, enterrados em seus próprios corações. Você nunca as conhecerá de verdade, mas às vezes decide confiar nelas.”






11 comentários:

  1. Terminei Allegiant (Convergente) ontem e posso te garantir que é de tirar o folêgo, muitas pessoas não gostaram, mas eu adorei o final da série, espero que vc goste tbm.
    ps: mt boa a sua resenha!

    bjs
    whoisllara.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Lara! Nem posso esperar por ler, mas eu queria esperar pela versão em português para completar a coleção rs
      Depois posto logo a resenha.
      Beijinhos

      Excluir
  2. Essa é minha trilogia preferida, Ana! Sou completamente apaixonada pelo Quatro e também adoro a Tris, que não é daquelas mocinhas chatas. Também gostei mais de Insurgente, apesar de ter adorado Divergente também, mas acho que as cenas de ação foram melhores e o fato de conhecer outras facções por dentro também ajudou. Agora não vejo a hora de ler Convergente!

    http://maisumapaginalivros.blogspot.com.br/
    Mais Uma Página

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Michelly =D
      Concordo completamente! Amei os Jogos Vorazes, mas Divergente para mim subiu muito na minha consideração, as cenas de ação, o romance, tudo foi TOP.
      Estou muito ansiosa pelo terceiro, mas sem querer descobri um SPOILER que não queria nada ter lido -.-'' Mas tudo bem, acho que vai haver muito suspense na mesma.
      Beijinhos

      Excluir
  3. Essa coleção está na minha wishlist, fiquei com mais vontade ainda de ler agora!
    Preciso de uma promoção urgente! haha

    Adorei o blog, temos muitos gostos em comum, então estou seguindo!
    depoisdeumlivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Juliana =D
      Que bom que gostaste ^^
      Muito obrigada =)
      Beijinhos

      Excluir
  4. ps: fui sua seguidora 200, merecia um prêmio! haha
    Mais sucesso pra você =)

    ResponderExcluir
  5. Nossa, adorei sua resenha, só li divergente por enquanto, mas quero muuuito ler insurgente!!! O blog está cada vez mais lindo minhas parceiras!!!
    Muito sucesso para vocês!
    Beijos,
    Brenda (Livro: A estante da Vida)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Brenda =D
      Divergente foi muito bom, mas insurgente ainda foi melhor, espero que o Convergente ultrapasse as minhas expectativas =D
      Muito obrigada =D
      Beijinhos

      Excluir
  6. ahhhh não li a resenha porque to morrendo de vontade de ler essa série!!!! Já tenho Divergente há uns dois meses, mas tava adiando a leitura dando como "desculpa" o fato de não ter Insurgente. Mas agora ganhei de amigo oculto, não tenho mais porque não cair em cima dessa série *-*

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  7. Essa trilogia está na minha lista de leitura já há muito tempo, desde que li Jogos Vorazes eu quero lê-la também e acabo adiando-a. Divergente era um dos livros que eu tinha como meta pra esse ano de 2013 aliás '~'
    Mas tudo bem, vou ler no ano que vem com certeza e ficar esperando o lançamento de Convergente aqui no Brasil!

    Grande abraço!

    http://discodivinil.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Editado por: Carolina Lopes • voltar ao topo