12 de julho de 2014

Resenha: As Crônicas de Nárnia - O Cavalo e seu Menino - C.S.Lewis




Olá amigos! Sei que demorei um pouco para postar esta resenha, mas prometido é devido, então aqui está o terceiro livro das Crônicas de Nárnia:
O Cavalo e o Menino de  C.S.Lewis.



Título: O Cavalo e o seu Menino
Número de Páginas: 102
Gênero: Aventura, Fantasia


A história deste livro se passa na época de ouro de Nárnia, durante o reinado dos quatro irmãos Pevensie: Pedro, Susana, Lúcia e Edmundo.
O livro nos narra a história de Shasta, que vivia na Calormânia com um pescador que o havia encontrado em um barco quando era apenas bebê. Certo dia um tarcaã (cavaleiro nobre da Calormânia) vem visitá-los e deseja comprar Shasta como escravo. Nesta altura, Shasta descobre que o cavalo do Tarcaã na verdade é um cavalo falante de Nárnia que está decidido a fugir de volta ao seu país de origem.





Shasta era um menino pobre, criado por um vendedor de peixe chamado Arriche a quem chamava de pai,  numa pequena enseada ao sul da Calormânia. Desde sempre sonhara em partir para o Norte, e depois que soube que Arriche não era o seu verdadeiro pai, ainda teve mais vontade de morar no lugar onde era, afinal, a sua terra natal.

Um dia apareceu um homem do Sul que parecia um tarcaã, ou seja, um homem de alta linhagem,  montado em um belo cavalo, que pediu para Arriche o deixar passar a noite na sua casa. Lá, ele quis comprar Shasta, e o pai adotivo de Shasta, por uma boa quantia, estava disposto a deixar o seu "filho" ir com ele para a sua terra. No mesmo momento, Shasta, que cuidava do cavalo do tarcaã descobre que o cavalo que estava tratando do nobre tarcaã é na verdade um cavalo falante de Nárnia e juntos decidem fugir para o lugar onde os dois pertenciam: o Norte.

Na sua caminhada, acabam por encontrar uma princesa chamada Aravis, que estava também fugindo de seu pai, que queria fazê-la casar com um tarcaã muito velho para ela. Para surpresa de Bri, o cavalo de Aravis era na verdade uma égua, Huin, também falante, ou seja, da mesma terra que ele: Nárnia! Assim os quatro embarcam numa aventura rumo ao Norte.

Para conseguirem chegar ao destino teriam que passar por um longo deserto, mas antes disso era preciso passar pelo centro de Calormânia, a cidade de Tashbaan lugar que todos estavam temerosos, pois era lá que se encontrava Tisroc, o imperador. Lá eles acabam por se perderem uns dos outros por uns tempos, e Shasta é confundido com um príncipe chamado Corin, o que o levará a conhecer a nossa querida Rainha Susana e Rei Edmundo.

Ao descobrirem planos secretos do filho de Tisroc, Shasta e os seus amigos acabam por ajudar os Reis Narnianos e o seu futuro mudará para sempre.

"Mas justamente uma das piores consequências da escravidão é esta: quando uma criatura não é mais forçada a fazer as coisas, quase já perdeu de todo o poder de forçar a si mesma."

Comentário


Como eu já falei antes, eu estou amando as Crônicas de Nárnia. Desde o primeiro conto que eu consigo ver e sentir as semelhanças Bíblicas. Neste caso achei particularmente interessante a história do menino "perdido" que mais tarde conseguiu encontrar o seu caminho para a casa do Pai. 
O maior medo que Shasta e Aravis enfrentam, é o medo de um leão que os persegue por onde andam, mas na verdade, esse leão estava sempre lá para poder na verdade os ajudar, mas algo que temos que ter sempre em mente é que aquilo que nós fazemos os outros passarem por nossa causa, mais tarde ou mais cedo iremos ter que encarar as consequência e ter consciência que as outras pessoas também tem uma vida, tem sentimentos, tem uma mente e um coração assim como nós, então porque temos que apenas pensar em nós próprios e naquilo que nós queremos e quando nós queremos? Assim também o Leão a um amparou e a outro repreendeu. "...uma por uma, dor por dor, sangue por sangue,...". 

"-Filho! Estou contando a sua história, não a dela. A cada um só conto a história que lhe pertence."

Espero que tenham gostado e não percam a resenha de O Príncipe Caspiem que em breve postarei =)

2 comentários:

  1. Oi Ana! Quero muito ler "As crônicas de Nárnia"! Sua resenha ficou muito boa! Vou esperar a do Príncipe Caspian!! Como é a sua edição? Eu queria aquele volume único! Acho muito lindo!!

    Beijinhos
    Mirelle - meumundoemtonspasteis.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mirelle!
      O meu livro é volume único, o que tem o leão na capa. Eu estou gostando muito.
      Obrigada!
      Beijinhos

      Excluir

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Editado por: Carolina Lopes • voltar ao topo