27 de janeiro de 2015

Resenha: Mentirosos - E. Lockhart


Olá, queridos leitores! Hoje trago mais uma resenha para vocês. Ah, aproveito para agradecer às 400 curtidas em nossa página do face. Continuem compartilhando com seus amigos amantes da leitura. Obrigada! Então... Vamos lá?!

Editora: Seguinte
Ano: 2014
Páginas: 272
Adicione na sua estante no Skoob!

Sinopse: Os Sinclair são uma família rica e renomada, que se recusa a admitir que está em decadência e se agarra a todo custo às tradições. Assim, todo ano o patriarca, suas três filhas e seus respectivos filhos passam as férias de verão em sua ilha particular. Cadence - neta primogênita e principal herdeira -, seus primos Johnny e Mirren e o amigo Gat são inseparáveis desde pequenos, e juntos formam um grupo chamado Mentirosos.




Talvez eu possa começar pelo final. Era uma hora da manhã. Eu peguei "Mentirosos" para ler por volta de três da tarde. E na madrugada, eu o terminava completamente impactada. É um livro que nos toca de diversas maneiras. Uma trama sensacional. E pensar que eu o comprei apenas por simpatizar com sua capa e sinopse na livraria...

A personagem principal reflete em nós de maneira curiosa. Em diversas partes eu me imaginava no lugar dela. Cadence é uma adolescente comum. Poderia ser qualquer um de nós. E é por isso que a história é tão tocante. Poderia ser eu, poderia ser você. Posso fazer das palavras de John Green as minhas:

"Emocionante, bonito e devastadoramente inteligente, Mentirosos é absolutamente inesquecível."

São muitos adjetivos, não é?! Mas realmente descrevem o que senti lendo este lindo romance. A autora é muito inteligente. Ela soube entrar em minha mente de forma muito pessoal. Também por ser narrado em primeira pessoa.

O livro conta a história da família Sinclair. Eles são ricos, felizes, vivem bem. Têm a melhor vida que poderiam ter. Pelo menos é isso que seus vizinhos pensam. Em uma família em que tudo se resume a glamour, Cadence, primeira neta e consequentemente a principal herdeira, se vê sufocada pela sua mãe, que sempre insiste para que ela trate seus avós exageradamente bem. Todo verão, os Sinclair vão para sua ilha. A ilha é enorme e contém uma casa para cada uma das filhas de Tipper e Harris (avós de Cadence). São as casas: Red Gate, Cuddledown e Windemere. E claro, a principal, Clairmont, em que ficam Tipper, Harris e dois cachorros: Príncipe Philip e Fatima.

Cadence, Johnny, Mirren e Gat são os chamados Mentirosos. Johnny e Mirren são primos de Cadence e Gat, é o sobrinho do novo namorado de uma das suas tias. E perto de uma família completamente branca, lá está Gat, de descendência indiana, e com pouco dinheiro.

No verão dos quinze (como a personagem nos diz), o pai de Cadence havia saído de casa. Então era um momento difícil para nossa personagem. E justamente nesse verão, um acidente acontece. Um acidente que mudou a vida dela. Um acidente que fez tudo mudar. Um acidente que afastou seus Mentirosos dela. Um acidente que a mudou.

"E eu vi Gat,
e vi aquela rosa na mão dele,
e, naquele momento, com a luz do sol entrando pela janela e brilhando sobre ele,
as maçãs sobre a bancada da cozinha,
o cheiro de madeira e maresia no ar,
eu rotulei de amor." Pág.: 27

Ok, vou parar de descrever a história por aqui. Sem spoilers! Posso dizer que você vai adorar entrar nesse mistério e descobrir mais sobre o que foi esse acidente.
Super indico este livro. Os personagens me cativaram demais. Cinco estrelas, e mil corações. Pretendo ler mais livros da autora, como "O histórico infame de Frankie Landau-Banks". Ah, mais um ponto pra autora, pois ela dava aulas de redação criativa. Acho que isso explica parte de sua genialidade como escritora.

"Era todo contemplação e entusiasmo. Ambição e café forte." Pág.: 21

Beijos, e até o próximo post! 

4 comentários:

  1. Oi Carol! (Posso chamar assim? Que metida né? haha)
    Que engraçado, acabei de postar a resenha desse livro no blog e vi que vocês também fizeram.
    Eu não achei Mentirosos tãããão incrível assim, sabe? Acho que foi porque deduzi o final muito rápido e esperava ser surpreendida como todo mundo falava que seria. Mas é realmente um livro muito bom! Adorei sua resenha.

    Beijos,
    http://livrodeunicornios.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Julia! Pode sim! Rsrs
      Então, eu terminei o livro achando ele o máximo e tal e quando fui ver no Skoob, muita gente disse que meio que deduziu o final. Talvez pra mim tenha sido completamente bom pois eu não desconfiava nem um pouco do final. Foi um baita choque. Rs
      Com o choque ou não, a autora escreve muito bem! ;)

      Obrigada pela visita e pelo comentário. Beijos

      Excluir
  2. Gostei muito desse livro, principalmente do final surpreendente! Vc já leu O Histórico Infame de Frankie Landau-Banks? É da mesma autora e tão bom quanto, apesar de ser outro tipo de história. Mas acho que é justamente essa diferença entre seus livros que prova o talento de Lockhart!

    PS: pra celebrar um dos lançamentos cinematográficos mais esperados do ano, tá rolando sorteio do livro Cinquenta Tons de Cinza lá no blog! Pra participar é bem simples: basta ser seguidor! Corre lá!
    http://maisumapaginalivros.blogspot.com.br/2015/01/promocao-cinquenta-tons-de-cinza.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Michelly

      Então, ainda não li O Histórico Infame de Frankie Landau-Banks, mas pretendo lê-lo, como citei no final da resenha.
      Vou dar uma olhada no sorteio sim, apesar de não curtir 50 tons. rs
      Obrigada pela visita.

      Beijos =)

      Excluir

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Editado por: Carolina Lopes • voltar ao topo