23 de setembro de 2015

Resenha: Quatro - Veronica Roth


Olá amigos Iniciandos! Hoje trago-vos a resenha do livro de histórias da série Divergente: Quatro.

Como este é o quarto livro, este texto poderá conter spoilers, então se ainda não leu os outros livros aconselho que o faça primeiro e depois a leia. Se quiser saber mais sobre os outros três livros da série aqui deixo o link das suas respectivas resenhas na legenda da foto.

 1- Divergente    2- Insurgente  3- Convergente

Autora: Veronica Roth
Editora: Rocco
Número de Páginas: 270
Gênero: Distopia, Ficção Científica
Dois anos antes de Beatrice Prior fazer sua escolha, quem passa por esse difícil processo é Tobias. Transferir-se da Abnegação para a Audácia é a sua única chance de recomeçar. Na nova facção, ninguém o chamará pelo nome que seus pais lhe deram. Nela, ele não deixará o medo transformá-lo em uma criança covarde. Agora conhecido como "Quatro", ele descobre durante a iniciação que pode ser bem-sucedido na Audácia. Todo o processo está apenas começando, e Quatro precisa conquistar seu lugar na hierarquia da nova facção. As decisões que tomar vão afetar os próximos iniciandos e revelarão segredos que ameaçam seu próprio futuro - e o de todo o sistema de facções.
                

 




" Não existem salas seguras, assim como não existem verdades seguras ou segredos que possam ser contados com segurança."
Eu queria ler Quarto desde que eu soube que iria ser lançado, mas estava com um certo medo de lê-lo, primeiramente porque foi super difícil ultrapassar o final de Convergente e estava com receio que todos aqueles sentimentos voltassem, e depois porque eu não sabia o que esperar de um livro com a visão apenas de Quatro, pensei que fosse a continuação do terceiro e todos aqueles que o leram sabem bem o que acontece e eu não me sentia física ou mentalmente preparada para isso. Mesmo assim queria comprá-lo, mas sabem quando entramos numa livraria e acabamos comprando um outro e adiando e adiando? Pois isso me aconteceu, mas felizmente dia 7 de Setembro foi o meu aniversário e acabei o recebendo de presente pela minha cunhada. Obrigada!

Pelo que eu fiquei sabendo com a abertura do livro, Veronica nos explica que o livro inicialmente estava sendo escrito com Tobias como personagem principal, mas à medida que ela foi desenvolvendo a história criou a personagem de Tris e acabou achando mais interessante continuar com a visão dela. Então este livro trás-nos a vida de Tobias Eaton, como ele cresceu, quando se transferiu e finalmente quando conheceu Beatrice Prior sendo então tecnicamente o primeiro livro e não o quarto. Além da sua história temos alguns capítulos com os momentos mais marcantes entre Quatro e Tris e eu amei poder reviver esses momentos.

" Mas o objetivo não é perder o medo. Isso seria impossível. Aprender a controlar seu medo e libertar-se dele é o verdadeiro objetivo."

Tobias é espancado constantemente pelo pai e para escapar à sua tirania, na Cerimonia de Escolha acaba trocando a Abnegação pela Audácia. Querendo urgentemente se tornar mais forte do que era, Tobias se transforma no iniciando número um da sua nova facção, logo fazendo um inimigo, Eric. Ao completar o seu treinamento, logo é escolhido para se tornar um dos novos líderes mas ao descobrir o plano secreto entre Jeanine Matthews e Max, lideres da Erudição e Audácia respectivamente, logo decide abandonar o cargo e assim também se livrar de ter que encontrar o pai várias vezes nas reuniões do Concelho, se tornando um instrutor de Iniciação. Assim Eric se torna o novo líder começa a fazer grandes mudanças, principalmente na forma como os iniciandos são treinados.
Quatro acaba descobrindo que a sua mãe estava viva, e que a sua suposta morte tinha sido uma encenação feita pelo seu pai devido a Evelyn ter fugido de casa. Esta acaba pedindo para que Tobias se junte à sua causa de derrubar com o sistema implantado de facções e descobre que a sua mãe é líder dos sem-facção.
Ao conhecer Tris, a nova inicianda também transferida da Abnegação, tudo vai começar a mudar e a se tornar naquilo que lemos em Divergente, Insurgente e Convergente.
Ainda temos 3 capítulos extra de cenas importantíssimas de Divergente entre Quatro e Tris, narradas por Quatro: " A Primeira a Pular: Tris!", " Cuidado, Tris." e "Você está Bonita, Tris.".

Só fiquei com pena do livro ser tão curto. Espero que a autora se lembre de continuar escrevendo, eu de certeza que lerei.

Curta nossa Page no Facebook  ❤  Siga-nos no Instagram  ❤  Inscreva-se na Tv Portão Azul

2 comentários:

  1. Oii Ana!
    Olha não tive o mínimo interesse neste livro. Eu simplesmente odiei Convergente, e não, não foi por causa do final, foi pela história toda mesmo. Mas que bom que gostou! hihi

    Niina - Vícios e Literatura
    vicioseliteratura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Niina!
      Quatro não tem nada a ver com Convergente, na verdade fala da história de Tobias ainda antes de Divergente e alguns capítulos durante. Acho que irias gostar!
      Beijinhos

      Excluir

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Editado por: Carolina Lopes • voltar ao topo